top of page

Você sabe a Taxa de Juros de todos os seus parcelamentos?

Atualizado: 5 de mai. de 2022

Edição e Produção de Vídeos: Renato Rocha Prado

Revisão de Conteúdo: Isabel Franson


Uma situação bem comum hoje em dia são os excessos de parcelamentos, com tantas facilidades para se ter um cartão de crédito ou cartão de loja (substituto do carnê), essas dívidas que comprometem e muito o orçamento do brasileiro não param de crescer.



Mas ter uma dívida não é, necessariamente, algo ruim. Uma dívida contraída com planejamento financeiro pessoal e consciência, pode ser saudável ou justificável, o problema é que a realidade atual não é essa (Para saber mais sobre o assunto Dívida clique aqui).



9 em cada 10 dívidas no Brasil são de alto custo e sem planejamento, como atrasos no cartão de crédito e cheque especial, sem falar nos parcelamentos de loja.

O problema dessas dívidas é que suas Taxas de Juros são muito altas, mesmo algumas parcelas, 3 ou 4, são suficientes para quase dobrar o valor da dívida inicial, e se atrasar, entram cobrança de multa e os juros de mora, aí, é endividamento crônico na certa, a famosa bola de neve de dívidas.


Por isso, a falta de conhecimento em finanças pessoais do brasileiro faz tanta falta. De uma lado, temos as pressões das propagandas e o assédio de vendedores, nos levando a cair em armadilhas como parcelas que cabem no bolso ou comprar algo só porque está na promoção, do outro lado, temos as taxas de juros muitas vezes escondidas e pronto: a receita perfeita para o endividamento. Nem precisa atrasar as parcelas, com as taxas de juros altas que temos no nosso país, basta passar do limite uma vez pra estourar o cartão de crédito ou saldo em conta e acabar caindo no cheque especial.




Mas como fazer para descobrir as taxas de juros sendo que eles escondem elas da gente?


Pensando nisso, economistas fizeram uma tabela e uma regrinha simples para ajudar os consumidores a descobrirem, aproximadamente, qual a taxa de juros está sendo cobrada em qualquer operação financeira e nós da F Fatorial fizemos esse passo a passo pra você:





Mas pra que saber isso?


Por dois motivos, na hora de escolher qual dívida pagar primeiro e qual deixar atrasar (baita duma decisão difícil), a regra é a seguinte: escolha a com taxa de juros maior.

O outro motivo, quando se sabe a taxa de juros que estão nos cobrando, a gente pensa duas vezes antes de fazer aquela dívida, ou, às vezes, quem sabe, dá um jeito de pagar à vista.


Resumindo, pra usar essa tabela nós precisamos calcular um Coeficiente, ou seja, um número que vai vir de uma continha simples de divisão, e, então, vamos procurar esse número, esse coeficiente, na nossa Tabela de Juros Escondidos, e assim, descobrir a taxa de juros que não te falaram, simples assim!


Para ficar ainda mais fácil de entender, fizemos um Passo a Passo:


Passo 1 - Calcular o Coeficiente


Divida o valor do produto à vista (ou o valor que foi pego emprestado) pelo valor da parcela, em seguida, pegue o resultado dessa divisão e vá para a tabela.


Por exemplo: uma televisão que custou R$1.200,00 para ser paga em 12 prestações de R$200, teremos que dividir 1200 (valor total da dívida) por 200 (valor da parcela), o que vai dar 6.

“Sempre o valor maior pelo menor #ficaadica


Passo 2 - Procurar a Coluna com o prazo


A seguir, vamos procurar na tabela, na Coluna Número de Prestações o número que se encaixa na quantidade de parcelas que você contratou ou simulou, se for, por exemplo, em 6 vezes, vá para a coluna com o número de 6 prestações, se foram 12 parcelas como no nosso exemplo anterior vá para a coluna 12 e, assim por diante.


Passo 3 - Procure o coeficiente na tabela seguindo a coluna das parcelas


Agora que você escolheu a Coluna equivalente ao número de prestações (parcelas) que você está pagando, vai descendo ela até achar o número mais próximo do Coeficiente que você calculou no passo 1, ou seja, procure o mais próximo de 6.


Passo 4 - descobrir a Taxa de Juros escondida


Assim que você encontrar o valor mais próximo do coeficiente que você calculou (que na coluna 12 da tabela vai ser 6,05), siga a linha desse número para a esquerda até chegar na parte azul da tabela, e aí descobrir a taxa de juros escondida! No nosso exemplo vai ser 12,5% ao mês.


Dica: Caso na coluna tenha dois números muito próximos ou valor que você calculou fica bem no meio de dois números da tabela, siga as duas linhas mesmo assim, e verifique as taxas de juros das duas linhas, a taxa de juros escondida vai ser algo no meio dessa duas. Por exemplo, se seu coeficiente deu 5,10 e foram 6 parcelas, você vai ficar entre 4,5% e 5%, assim, significa que a taxa de juros escondida é mais ou menos 4,75%.


OBS: Se o Coeficiente que você calculou não estiver na Tabela, pode ser que a divisão foi feita errada ou que a coluna que você escolheu não é igual ao número de parcelas, ou ainda, que a taxa de juros é tão alta que não coube na tabela!





Vamos a um Exemplo mais simples





"Uma Geladeira custava R$3000 à vista ou podia ser parcelada em 6 vezes de R$550. Qual a taxa de juros escondida?"

A primeira etapa é calcular o coeficiente, dividindo o valor à vista da Geladeira pelo da parcela: 3000 dividido por 550, que vai dar 5,455.


A segunda etapa é procurar a coluna correta na tabela, como foram 6 parcelas, vamos para a Coluna 6.

A terceira etapa é procurar o número mais próximo dos 5,455 na coluna 6 da tabela, e achamos algo bem próximo disso: 5,42.

A última etapa é descobrir a taxa de juros escondida, seguimos a linha onde está escrito o 5,42 para a esquerda e vemos que o número dessa linha é 3%.

Isso significa que a taxa de juros mensal é de aproximadamente 3%.

Agora, se você achou essas etapas complicas, não se preocupe, além desse tutorial, a F Fatorial elaborou também uma Calculadora para você descobrir a taxa de juros de qualquer financiamento ou empréstimo, basta acessar ela aqui, e colocar o valor do Bem que foi comprado, o número de parcelas e o valor da parcela que a planilha vai te dizer a taxa de juros escondida.


Bem legal né?


Mas CALMA, não acabamos ainda, fizemos também um vídeo para você entender o exemplo da tabela de juros, nesse link.



Além disso, na nossa página de Downloads, disponibilizamos uma Cartilha com um Passo a Passo de como utilizar a Tabela de Taxa de Juros Escondidos e, também, com várias versões da tabela em diversos formatos e tamanhos nas últimas páginas da cartilha, basta clicar AQUI.


Então por hoje é só, esperamos que com mais essa ferramenta você possa cuidar melhor da sua Saúde Financeira e se precisar de mais ajuda não deixe de nos contatar!


Até a próxima!


Não deixe de se inscrever no nosso site como membro e no nosso Facebook e Youtube. É grátis! Basta se cadastrar com o Facebook ou Gmail para receber notificações dos nossos materiais, cursos e vídeos, além de poder deixar seu comentário para gente, mandar dúvidas e sugestões para futuros vídeos e postagens.

125 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

1 comentario

Obtuvo 0 de 5 estrellas.
Aún no hay calificaciones

Agrega una calificación
Miembro desconocido
18 mar 2021

Canal de excelente qualidade o qual tem como objetivo ajudar a todos a compreenderem como as finanças são importantes, assim como a economia, os juros e os impostos estão presentes no dia a dia do brasileiro. Mostrando e instruindo a todos de forma didática e eficiente, os passos a serem tomados para conseguirmos dar um basta em nossas dívidas, a fim de os números de inadimplentes no Brasil reduza. Muito obrigado, Gabriel Sarmento, pelos conhecimentos tos compartilhados !! Sucesso!

Me gusta
bottom of page